quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Ganhei um sorteio no blog bauleleh!!!!!!!!!!!!!

Gente, estou tão feliz!!!!
Nunca tinha ganhado um sorteio até então!
E logo de esmaltes, que eu adoro muito!!!!!!!!!!!!!!

Muito obrigada, Lígia!!!


 

sábado, 11 de dezembro de 2010

Gravidez e Amamentação

Comecei a escrever este texto respondendo um post da minha amiga Veridiana, que tem um blog maravilhoso: 30 e Alguns

Então ,Veri, esse é p/ vc!!!

Bom, eu já tive a minha primeira gravidez, e foi uma época linda, que deixou muitas histórias p/ contar... rsrsrsrs

Durante os 3 primeiros meses, eu não tive enjôo algum, não vomitei nada. Em compensação, fiquei muito constipada - o que p/ mim não é normal, e um mau humor que nem eu me aguentava. Acho q meu marido só me aturou porque sabia que "aquilo" não era eu de verdade, eram os hormônios!!! Minha pele ficou horrível...

Eu tinha muito, mas muito sono, mas isso passou depois...

Fui invadida por uma ansiedade, eu queria que nascesse logo, achava que não ia aguentar os 9 meses!

O segundo trimestre foi maravilhoso, minha pele estava linda, meu cabelo e unhas lindos, meu humor maravilhoso e eu me sentia no paraíso. Foi a melhor fase da gravidez, e uma das melhores da minha vida! Chamo de "filet mignon da gravidez" rsrsrsrs

E o último trimestre, tadinha... fiquei enorme, parecia uma pata andando, e o pior era ir ao banheiro nos lugares públicos: é tão apertado, tem toda uma logística p/ abrir a porta, se posicionar e depois fechar a porta! rsrsrsrsrs

Eu não conseguia mais tomar banho sozinha, precisava de ajuda para me lavar da barriga p/ baixo... eu não conseguia abaixar, colocar sapatos, precisava de ajuda para levantar do sofá (ou de qualquer lugar fofinho, daqueles que a gente afunda! rsrsrs), tomava bronca das velhinhas no meio da rua, mandando eu voltar p/ casa porque ia parir a qualquer momento... P/ vc ver como fiquei grande!

E nas últimas semanas, eu chorava porque não aguentava mais toda aquela limitação, eu queria que ele nascesse logo. Fiquei com medo da bolsa estourar, eu não podia fazer parto normal por causa de um acidente que tive na adolescência (fui atropelada e quebrei a bacia e o cócci). Mas fiquei mais calma depois que marquei a data da cesárea.

Meu marido falava p/ eu não chorar, pois o bebê ia achar que eu não gostava dele, ia se sentir rejeitado! Hahahaha

E detalhe, fiquei os 9 meses ouvindo o mantra “Om mani pad ma hum”...

Meu marido acordava muito cedo p/ ir trabalhar, e sempre mexia na minha barriga, à mesma hora (5:30). Depois que meu filho nasceu, ele sempre acordava às 5:30... ninguém merece!!! MENINAS! NÃO DEIXEM SEU MARIDO CUTUCAR SUA BARRIGA TODOS OS DIAS A ESSA HORA! Rsrsrsrsrs Pode mais tarde.... hahahahaha

Depois, bom, depois que nasce é outra história. Começa uma nova fase, e você vê que gravidez é uma pré maternidade, e ser mãe são outros 500...

Foi muito bom fazer o curso pré natal, aprender a dar banho, e mais uma série de detalhes que poderiam ter suscitado dúvidas... Hoje, eu não faria de novo, porque já fiz e já tenho a experiência ;)

Mas agora vou tocar num ponto que ninguém fala muito, e foi o meu maior problema depois que meu filho nasceu: AMAMENTAÇÃO.

Ninguém fala do que realmente conta. Ensinam a posição, e ponto. Falam do quanto é importante, e nada mais. Explicam que o leite propriamente dito só desce no 3º ou 4º dia após o parto. Até então, o que temos é o colostro, um líquido gorduroso e amarelado que é o mais importante para o bebê, pois é rico em anticorpos.

Na boa, a gente tá careca de saber o quanto é importante, é uma sensação maravilhosa, etc. Mas cheguei à conclusão de que muitas mulheres não amamentam por pura falta de informação.
Quando é colostro, o bebê suga, suga, e vc tem a impressão de que aquilo não é suficiente, não mata a fome.

O leite materno é mais ralo e realmente, não “enche” a barriga do bebê de forma que ele fique saciado por mais tempo. Por isso é que quem amamenta, acaba fazendo com menor intervalo de tempo do que quem dá mamadeiras de leite em pó. Mas isso não significa que o leite é fraco, apenas que o bebê o digere com mais facilidade, e volta a ter fome mais cedo do que se tivesse ingerido o leite em pó.

Só que o bico do peito... coitado... era um mamilo. Agora é uma chupeta, uma mamadeira...
E obviamente, machuca no início. A pele fica magoada com tanto suga suga. E racha, sai sangue. Dói... Eu ficava com nojo de deixar meu filho colocar a boca no meu peito, porque estava machucado, e cada vez que mexia, sangrava. Como vou deixar meu filho mamar com sangue no meio? E a dor que eu sentia, a cada 2 horas??? Se eu fosse desenho animando, ia ter um monte de estrelhinhas pairando sobre minha cabeça.

No meio desse “drama” – porque até então não teve nada de prazeroso em amamentar, sob o aspecto físico (tem sobre o emocional), o leite desce.

Eu fiquei tão feliz! Achava que agora que o leite descendo, eu ia conseguir dar mamar mais tranquilamente, ele ia ficar mais saciado. Estava orgulhosa, pensando “nossa, eu vou ter muito leite” que legal. E deixei o peito encher feliz da vida.

Só que o leite “desceu com tudo”, empedrou e meus seios ardiam em febre. Ficou tão “cheio”, que perdi o formato de bico do mamilo. Eu o colocava p/ mamar, o bico rachado e machucado, e ele não conseguia. Ele sugava e o leite não ia, por que estava empedrado. Então ele chorava de fome, e eu chorava de dor e ainda me sentia péssima por não conseguir alimentar meu filho. O 4º dia depois que ele nasceu foi o pior dia... um desespero.

Eu não queria dar mamadeira, porque tinha o sonho de amamentar, e achava que se ele tomasse leite em pó, não ia querer mais meu peito.

Eu liguei p/ minha obstetra, e ela mandou eu massagear os seios embaixo do chuveiro, com água morna, para desempedrar o leite. Além disso, me deu um remédio que é um hormônio (juro q não lembro o nome), que joga no nariz (algo como sorine).

Ok, na hora do banho soltava, mas depois piorava ainda mais. Meu peito crescia e crescia, de tanto leite, só que tudo empedrado, e meu filho chorando de fome.

Meu marido deu a ele uma mamadeira de leite em pó, próprio p/ recém nascidos. Ele se acalmou, mas eu chorava ainda mais, me sentia uma incompetente por não poder alimentar meu filho.
E olhe, eu sei que não é nada disso, mas é uma sensação puramente instintiva, eu estava com os hormônios a mil. Não é algo racional...

P/ evitar o contato direto da boquinha dele com meu peito machucado, eu usei um protetor de bico de silicone. Eu tinha dois pares, e a cada mamada, colocava para ferver. Isso aliviou muito a dor do contato direto... Depois que meu seio cicatrizou, abandonei o uso.

Bom, que me salvou foi uma amiga, que por acaso me ligou no dia, e ela (eu não sabia até então), trabalhava assistindo bebês recém nascidos, orientando as mães, etc. Ela fez massagens em mim durante toda a gravidez.

Ela foi lá em casa e me ensinou, cuidou de mim, e foi vital para assegurar o futuro sucesso da minha amamentação: eu amamentei meu filho até 2 anos.

Ela me ensinou a massagear o seio de forma correta: passar os dedos de forma suave, imitando um pente, de cima até o bico, de maneira a desempedrar o leite e “guia-lo” até a “saída” rsrsrs. E tirava o leite com uma bombinha. Depois fazia de novo a massagem com os dedos, e bombinha de novo. Quando meu seio havia desinchado de todo aquele leite, ela colocou uma compressa de água fria sobre eles, para que diminuíssem a produção.

Enquanto ela fazia a massagem, meu marido dava ao meu filho uma mamadeira com leite que ela tirava.

E foi simples assim... A massagem sob água morna estimula a produção de leite (por isso havia piorado), e a compressa de água fria, diminuiu.

Depois disso, eu me ajustei e a amamentação foi um sucesso. Uma semana depois, os bicos já estavam cicatrizados, e eu amamentava feliz da vida.

Agora, mais uma dica para o sucesso da amamentação, numa fase posterior.

O nosso organismo produz leite de acordo com o estímulo. Tem épocas que o bebê sente menos fome, e épocas em que ele sente mais fome. Quando ele está com menos fome, o seu organismo se adapta à necessidade do bebê, e diminui a produção de leite.

Quando ele tem mais fome, esvazia seus seios, e ainda fica mamando, morrendo de fome. Aí começa aquela sensação de “não tenho leite”. Isso é uma questão de tempo, em um ou dois dias, seu organismo reage ao estímulo do bebê, e produz o leite em maior quantidade, até satisfazê-lo. É a famosa “oferta e procura” hahahahaha

Quanto mais ele mama (suga), mais vc produz. Quanto menos mama (suga), menos vc produz.
Mais uma dica: duas coisas facilitaram muito a cicatrização do bico do seio. Acho que isso acontece com todas as mulheres, sem exceção.

Uma, é passar o próprio leite no bico, pois tem propriedades cicatrizantes. A outra é usar aquelas conchinhas p/ proteger o bico do atrito com a roupa, e mantê-los secos e arejados. Essas conchinhas deixam um espaço livre, com circulação de ar, evitam o atrito e ainda colhem o leite que possa vazar, sem sujar a roupa.

Eu tive a sensação de que se optasse por utilizar os absorventes de seios, eu criaria um ambiente propício ao desenvolvimento de fungos, por conta da umidade. E o não deixar seco, “respirar”, poderia atrapalhar a cicatrização.

Quem quiser, pode utilizar o leite coletado na conchinha para dar ao bebê, mas nesse caso, deve manter absoluta higienização das conchinhas.

Eu conheci dois modelos de conchinhas: uma “dura”, de plástico, e outra com a base de silicone. A dura, dizem que ajuda a criar bico, pois o projeta para fora. A outra, com a base de silicone é mais confortável num primeiro momento, e fica mais discreta sob a roupa (pelo menos a que eu usava).

Eu preferia a “dura” por um motivo prático: quando eu tirava a de silicone, o silicone ficava grudado na pele e a conchinha se abria, derramando todo o leite na minha roupa. Isso não acontecia com a que era toda dura.

Essa de silicone, eu tive dois modelos: um era a Chicco, o outro eu não lembro (rsrsrsrs). O da Chicco ficou na caixa, não usei por dois motivos: era enoooorme, ficava gigante sob a roupa, e os furos de ventilação também eram muito grandes. Se eu fizesse qualquer movimento mais acentuado e a conchinha tivesse leite, vazava.

Nos primeiros meses, eu ficava toda hora esvaziando as benditas conchinhas! Rsrsrsrs



Espero o relato da minha experiência possa ajudar aquelas mães que querem amamentar seus filhos e – por pura falta de informação, não conseguem fazê-lo...

Boa sorte!!!

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Minhas Viagens pelo Mundo... mais pelo Brasil!!!

Travel Map
I've been to 32 cities in 4 countries
Caribbean
Dominican Republic: Santo Domingo
North America
United States: Miami
South America
Argentina: Bariloche
Argentina: Buenos Aires
Argentina: El Calafate
Argentina: Ushuaia
Brazil: Buzios
Brazil: Cabo Frio
Brazil: Guarapari
Brazil: Itaipava
Brazil: Joao Pessoa
Brazil: Lambari
Brazil: Natal
Brazil: Niteroi
Brazil: Parati
Brazil: Petropolis
Brazil: Sao Lourenco
Brazil: Sao Mateus
Brazil: Sao Paulo
Brazil: Teresopolis
Brazil: Tiradentes
Brazil: Vitoria

Audioteca Sal e Luz

Recebi um email divulgando um trabalho muito legal, e resolvi compartilhá-lo com vocês...


"Venho por meio deste e-mail divulgar o trabalho maravilhoso que é realizado na Audioteca Sal e Luz e corre o risco de acabar.
A Audioteca Sal e Luz é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que produz e empresta livros falados (audiolivros) .

Mas o que seria isto? São livros que alcançam cegos e deficientes visuais, (inclusive os com dificuldade de visão pela idade avançada) de forma totalmente gratuita.

Seu acervo conta com mais de 2.700 títulos que vão desde literatura em geral, passando por textos religiosos até textos e provas corrigidas voltadas para concursos públicos em geral. São emprestados sob a forma de fita K7, CD ou MP3.
E agora, você está se perguntando: o que eu tenho a ver com isso? É simples.

Nos ajude divulgando.

Se você conhece algum cego ou deficiente visual, fale do nosso trabalho. DIVULGUE!
Para ter acesso ao nosso acervo, basta se associar na nossa sede, que fica situada à Rua Primeiro de Março, 125- Centro. RJ. Não precisa ser morador do Rio de Janeiro.

A outra opção , foi uma alternativa que se criou face a dificuldade de locomoção dos deficientes na nossa cidade.

Eles podem solicitar o livro pelo telefone, escolhendo o título pelo site, e enviaremos gratuitamente pelos Correios.
A nossa maior preocupação reside no fato que, apesar do governo estar ajudando imensamente, é preciso apresentar resultados. Precisamos atingir um número significativo de associados, que realmente contemplem o trabalho, se não ele irá se extinguir e os deficientes não poderão desfrutar da magia da leitura.
Só quem tem o prazer na leitura, sabe dizer que é impossível imaginar o mundo sem os livros...

Ajudem-nos, Divulguem!

Atenciosamente,

Christiane Blume - Audioteca Sal e LuzRua Primeiro de Março, 125- 7o Andar.Centro- RJ. CEP 20010-000

Fone: (21) 2233-8007
Horário de atendimento: 08:00 às 16:00 horas
http://audioteca.org.br/"

Você quer ganhar livros jurídicos?

O Portal Jurídico Razão Áurea sorteia livros e associações todos os meses!

Você quer ter a chance de ser contemplado?

Vá até o site e veja como fazer para ter essa oportunidade imperdível!!!

Promoção vigente no momento:

Promoção: Quero Ganhar - Sorteio de três Associações Plano III


"Vamos sortear mais três associações (Plano III) exclusivamente para os nossos seguidores no Twitter.

Quer participar? É muito simples!

* Clique no link Siga-nos no Twitter
* Deixe um post "Quero Ganhar"

No dia 08 de agosto vamos divulgar os ganhadores diretamente no Twitter.

Os sorteados poderão acessar todo o conteúdo do Portal, inclusive o ambiente online, pelo período de um mês sem qualquer custo!"


Boa sorte!

Procuro um dono de Raça

 


 


Dê preferência à adoção, você só tem a ganhar. E eles também!

Aposte nessa idéia!


Eu adotei dois gatinhos! E vc?
Bjs

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Proibição de fumar x falta do que fazer

Os deputados e senadores deveriam se preocupar menos em invadir a liberdade individual dos fumantes, e em limitar, a meu ver, inconstitucionalmente, a iniciativa privada dos restaurantes, bares e afins, e passar a se preocupar mais com o que realmente importa.

Fumar era uma prática altamente estimulada pela sociedade, e agora, extremamente repudiada.
Até pouco tempo atrás, fumar era “elegante”, dava status. Vários comerciais enchendo a cabeça das crianças da minha geração, estimulando o uso do cigarro. Até pouco tempo atrás, as pessoas fumavam dentro dos shoppings!

Adorei a proibição de fumar em lugares fechados, pois até para os fumantes era desagradável. Nos corredores da faculdade, a nuvem de fumaça era predominante, e era extremamente tóxico passar por ali nos intervalos.

Mas acho exarcebada a proibição absoluta de fumar em qualquer lugar... Ou seja, qual é a lógica de proibir os restaurantes, bares e boates de terem um local específico, destinado aos fumantes, sob determinadas condições (lugar aberto, arejado, etc)? A proibição atual é desmedida, exagerada, segregativa, absurda e (eu entendo) inconstitucional.

Acho válida essa preocupação do Poder Legislativo com os pulmões das pessoas, mas que tal se preocupar um pouquinho mais com a natureza, com o desenvolvimento sustentável?

Que tal criar uma lei que obrigue os supermercados a fornecerem sacolas de papel, como era antigamente?

Que tal criar uma lei que obrigue os fabricantes a embalarem seus produtos em papel ou papelão reciclado?


Que tal criar uma lei que obrigue os fabricantes a recolherem os recipientes de seus produtos? Ou pelo menos, algo que os estimule a fazer isso?
Ou quem sabe, fomentar a atividade dos fabricantes que estimularem os consumidores a devolver os recipientes usados? Por exemplo: quem devolver o pote de vidro de um determinado produto, um creme que seja, obtém um desconto na compra de um novo?
Esses produtos devolvidos passariam por uma lavagem e esterilização para nova utilização (sempre que possível), ou seriam destinados à reciclagem dentro da prória fábrica.

O Poder Legislativo tem muito em que se “pré-ocupar”, antes de invadir a liberdade dos fumantes de uma maneira tão agressiva.

Apóio totalmente a proibição de fumar em lugares fechados. Mas proibir que os restaurantes, bares, etc, possam destinar uma área aberta aos fumantes é invadir a liberdade econômica e desrespeitar os direitos dos fumantes. E lavar as mãos frente a um problema que os próprios governantes permitiram que aumentasse: os que são viciados em cigarro.

O Governo permitiu o estímulo, milhões de pessoas se viciaram, e agora vem com toda essa agressividade proibitiva? Qual é o nexo? Que tal um meio termo?

Agora, parece que tem um projeto de lei para alterar a composição dos cigarros. E é só para retirar os açúcares e os agentes de sabor. É muita falta do que fazer...

Que tal um projeto de lei que realmente faça a diferença para a sociedade?

Que tal parar de fazer nada e trabalhar um pouquinho a favor da humanidade?

Os eleitos pelo povo devem se preocupar com problemas graves, cuja solução realmente faça a diferença.

Mas isso não dá, pois é mexer com o bolso de quem tem...

sexta-feira, 9 de julho de 2010

O goleiro Bruno já está condenado - Última Instância

O goleiro Bruno já está condenado

João Ibaixe Jr - 09/07/2010

"Pronto! Mais um caso solucionado pelo melhor setor de investigação criminal do país: a mídia. Claro, com amplo apoio da Polícia Civil e, no caso, de dois Estados da Federação.

O assassinato da jovem Eliza Samudio, que efetivamente tem características de crueldade, provocou a mídia de todo o mundo, em face de envolver uma personalidade futebolística, um ídolo dos torcedores do supostamente (digo isto em virtude do resultado da copa para nós) maior esporte brasileiro, enfim, uma celebridade.

Uma primeira observação tangencial: quem milita na área penal ou acompanha questões criminais sabe que há casos muito mais graves e muito, mas muito, mais cruéis, que são esquecidos por envolverem desconhecidos e permanecem mofando em prateleiras de departamentos burocráticos jurisdicionais. E pior, casos em que as provas já foram produzidas e analisadas e apontam determinantemente para o criminoso e nada com ele acontece. Deste modo, só resta mostrar eficiência em casos de repercussão.

E dá-lhe eficiência: provas técnicas de moderníssima geração, exames em veículos, comparação de exames de sangue e de DNA, aviões e viaturas à disposição para conduzir os envolvidos e os policiais, superando a distância entre duas unidades federativas, cujos agentes dos órgãos de polícia judiciária demonstram-se incansáveis. Uma parafernália gigantesca, praticamente cinematográfica – não se sabe se hollywoodiana ou bollywoodiana, talvez até digna de cinematografia nacional, apesar desta se preocupar mais com a criminalidade relacionada a uma estética da pobreza.

E a presteza dos Delegados? Incomensurável! Disponíveis a todo minuto para dar entrevistas e falar sobre seu trabalho nas investigações e no levantamento de indícios. Eu disse “indícios”? Desculpe-me, leitor, a falha.

O trabalho da polícia judiciária seria tecnicamente o de levantar indícios, ou seja, indicadores que apontassem um possível criminoso, para que este fosse submetido de suspeito à categoria de indiciado, a qual autorizaria legalmente que o indivíduo fosse acusado e processado pela Justiça por ter cometido um crime e, ao final do processo – destaca-se em negrito ao final do processo – fosse considerado culpado e aí, a partir desse momento, sofresse as penas da lei como responsável pelo delito. Só ao final do processo, a Justiça, decretando a condenação, poderia apresentar o indivíduo como culpado.

Porém, como a Justiça funciona mal, como o caso é de repercussão – a ponto de duas polícias de Estados diferentes disputarem a atribuição investigatória – como está envolvida uma celebridade e como o caso tem sim seu aspecto hediondo, o melhor é já apresentar tudo de uma vez agora.

Dane-se o procedimento legal, que é morosidade pura, dane-se a Constituição, que só serve para dar direitos a bandidos e dane-se a Justiça, que somente atrapalha a rapidez da apuração. Enfim, a polícia falou, “tá” falado! E a mídia, afinal, abençoou.

Caso encerrado! Goleiro preso e condenado. Siga-se o próximo."

sábado, 3 de julho de 2010

DE OLHO NAS URNAS

É uma vergonha saber que nossa Constituição é "emendada" dessa forma temerária!!!

Vote com consciência!!!



segunda-feira, 14 de junho de 2010

Um caso exemplar em que a Justiça não falhou

Fonte: Amatra

"Sob o título "Amor Incondicional" (*), a revista eletrônica "Via Legal", do Conselho da Justiça Federal, trata do caso do engenheiro mecânico Adolfo Celso Guidi, de Curitiba (PR), que descobriu há doze anos que seu filho, Vitor, tinha uma doença incurável e degenerativa. A revelação mudou a sua vida. Para salvar o filho, ele perdeu o emprego e endividou-se.

O engenheiro não imaginava que, anos depois, viveria uma situação surpreendente na Justiça.

"É uma questão de decisão. Eu decidi lutar pela vida dele", diz Adolfo a Analice Bolzan, apresentadora do "Via Legal".

Adolfo passou a estudar a doença do filho na biblioteca da Faculdade de Medicina e na internet. Fez pesquisas e contatos por correspondência com especialistas em vários países. Há nove anos, Vitor toma enzimas descobertas pelo pai obstinado.

A dedicação ao filho interrompeu a vida profissional do engenheiro. "Não sobrou para pagar a prestação da casa", diz. O imóvel foi a leilão.

Para não perder o bem, Adolfo entrou com uma ação na Justiça Federal. Nas audiências, contou a história de Vitor e por que deixara de pagar as prestações.

"Quando tudo caminhava para a desocupação do imóvel, a Justiça encontrou uma saída inédita", diz a narradora.
"Expedir um mandado de desocupação, sabendo de toda a história, seria muito penoso, muito difícil", diz Anne Karina Costa, juíza federal. "Então, surgiu a ideia de utilizar os valores das prestações pecuniárias da Vara Criminal para quitar o financiamento" [Prestações pecuniárias são as penas pagas em dinheiro pelos condenados da Justiça].
Sensibilizada com a história de Adolfo, a juíza enviou ofício para a Vara Criminal de Curitiba, solicitando a possibilidade de utilizar os recursos do órgão, diante da excepcionalidade do caso.

Em ação conjunta que envolveu juízes federais, Ministério Público Federal, conciliadores e procuradores da CEF, houve a quitação da dívida de cerca de R$ 48,5 mil.
Maria Teresa Maffia, conciliadora da Caixa Econômica Federal, participou das audiências de conciliação para reaver as 120 prestações vencidas. Houve retirada dos juros moratórios. "Foi a melhor experiência que eu tive até hoje", diz ela. O advogado que atuou no caso abriu mão dos honorários.

"Hoje, Vítor é o único no mundo a superar 12 anos de vida com a doença", diz Analice Bolzan.
Como Adolfo mantém uma pequena oficina mecânica em casa, a perda do imóvel representaria também a perda de sua fonte de renda.

(*)

http://daleth.cjf.jus.br/vialegal/materia.asp?CodMateria=1478

A matéria foi exibida no "Via Legal" edição nº 392 em 11/03/2010. O programa é produzido pelo Conselho da Justiça Federal em parceria com os cinco Tribunais Regionais Federais. Já recebeu vários prêmios na área de Direitos Humanos ao apresentar casos que ilustram a luta do cidadão pela conquista dos seus direitos."

Brasil: O Fenômeno “CALA BOCA GALVAO”

Comecei a ver vários posts no twitter cobre "Cala a Boca Galvão", e sem entender por que tanto alvoroço, resolvi pesquisar na internet.
Primeiro, vários vídeos sobre uma ave em extinção. Na hora, me dei conta de que era uma piada, pois o slogan "cala a boca, Galvão" é auto explicativo para qualquer brasileiro com dois neurônios.
Mas achei a maior graça, e trouxe p/ vcs a explicação da polêmica mundial em torno do nosso conhecido slogan, e desconhecido do resto do mundo:

(Fonte: http://pt.globalvoicesonline.org/2010/06/14/brasil-o-fenomeno-cala-boca-galvao/)

"Galvão Bueno, um famoso narrador e radialista brasileiro, foi feito vítima de uma grande fenômeno do Twitter quando milhões de usuários o mandaram calar a boca durante a abertura da Copa do Mundo de 2010. O fenômeno logo virou uma piada mundial.

Para muitos, Galvão Bueno é considerado insuportável, porém ele é o narrador oficial dos jogos da seleção brasileira de futebol e dos mais importantes jogos de futebol e vôlei do Brasil desde 1993, e também das corridas da Fórmula 1.

Blog do Pupa diz:

Nem bem a Copa do Mundo começou e o narrador da TV Globo Galvão Bueno já começou a ser citado pelo público brasileiro. A expressão ‘Cala Boca Galvão’ virou hit do Twitter mundial durante a cerimônia de abertura da competição, que foi apresentada por ele e a jornalista Fátima Bernardes na África do Sul.

O público mostrou o descontentamento com o narrador e apresentador de tal forma que a expressão de desaprovo ao seu desempenho na cerimônia de abertura foi a líder do Trending Topic (TT) Brasil, termo que representa as palavras e/ou expressões mais abordadas no microblog no país.

Rapidamente “cala boca galvão” chegou ao primeiro lugar nos trending topics mundiais e pessoas do mundo inteiro tentaram entender o que estava acontecendo.

shafiraaulyapn: who's CALA BOCA GALVAO ? @,@

Quem é CALA BOCA GALVAO? @,@

LuizRedfield: o Brasil dominou o Twitter! CALA BOCA GALVAO em primeiro no Worldwide! O resto do mundo não tá entendendo nada!

A mais difundida imagem da brincadeira. autor desconhecido

A mídia brasileira e a mídia internacional já estão comentando sobre o fenômeno. Aqui o que a @maria_fro teve a dizer:

maria_fro: Plena copa [ CALA BOCA GALVAO ] E [ BOCA GALVÃO ] enlouquecem os gringos:1º e 3º lugares no TT enquanto FIFA WORLD CUP E #WORLDCUP 5º E 6º!

Sobre a brincadeira, Junior Miranda explica:

Inicialmente, os usuários do twitter em outros países pensaram que o “CALA BOCA GALVÃO” tratava-se de uma campanha no Brasil pedindo proteção a uma ave em extinção. Um usuário do twitter nos Estados Unidos postou: “Galvão é uma ave muito rara no Brasil. CALA BOCA significa SAVE, os brasileiros estão muito tristes porque muitas GALVAOS morrem todos os dias”. E ainda: “CALA BOCA GALVAO, o mundo não pode viver sem esse pássaro!”. Outros perguntaram se era uma campanha da ONG ambiental Greenpeace: “Cala Boca Galvão é um novo projeto do Greenpeace?”
Porém, quando os internautas de outros países descobriram que não se tratava de uma campanha ambiental dos brasileiros pedindo a proteção do “Cala Boca Galvão”, começaram a publicar no twitter: “CALA BOCA GALVAO não é uma ave rara no Brasil. Isso significa “Cala a boca Galvão” um locutor esportivo odiado por pessoas aqui em baixo”. Vejam que para se referir ao Brasil alguns gringos utilizaram a expressão “pessoas aqui em baixo”.

Os brasileiros espalharam que o “CALA BOCA GALVAO” não era apenas uma espécie de ave em extinção, mas também um tipo de remédio e um novo single da Lady Gaga. alguns blogs realmente acreditaram que “Cala Boca Galvão” era, acreditem, um novo single.


Juliana Weis diz:

Outra explicação, não menos sádica, mas menos usada, é de que “CALA BOCA GALVAO” é a nova música de Lady Gaga. Só que essa versão não ganhou tantos adeptos quanto a do pobre pássaro ameaçado. Mas o pior (ou melhor) de tudo, os gringos aderiram. O “CALA BOCA GALVAO” invadiu o site e virou piada entre os brasileiros: “Se o Galvão é um passarinho de acordo com os gringos… seu canto é insuportável”, brincou um twitteiro chamado @Pedrocost.

O famoso escritor brasileiro Paulo Coelho estava entre os piadistas:

paulocoelho: CALA BOCA GALVAO is the Brazilian version of a homeopathic remedy SILENTIUM GALVANUS

CALA BOCA GALVAO é a versão brasileira de um remédio homeopático [chamado] SILENTIUM GALVANIUS

E a brincadeira ainda continua enquanto os brasileiros continuam a tentar “explicar” o que “CALA BOCA GALVAO” significa. Veja algumas reações no Twitter:

BrazilianMcFly: News: CALA BOCA GALVAO is the new single of Lady Gaga in Spanish rythm about a brazilian bird in extinction.

Novidades: CALA BOCA GALVAO é o novo single da Lady Gaga em ritmo espanhol sobre um pássaro brasileiro em extinção.

TheMusicDude: “Essa parada de CALA BOCA GALVAO é a maior piada interna da história mesmo. Um país inteiro rindo e o resto do mundo sem entender nada”.

instanTKarmax: “After Alejandro, Lady Gaga will launch her new single CALA BOCA GALVAO, which promises to become another worldwide success.”

Depois de Alejandro, Lady Gaga irá lançar seu novo single CALA BOCA GALVAO, que promete ser outro sucesso mundial.

taianetai: #nowplaying Lady Gaga - CALA BOCA GALVAO EXPLICIT VERSION

#tocando agora Lady Gaga - CALA BOCA GALVAO VERSÃO EXPLÍCITA

nandoaires: CALA BOCA GALVAO Foundation will give US$ 0,31 for each tweet mentioning CALA BOCA GALVAO. Save the birds, RT.

A Fundação CALA BOCA GALVAO irá doar US$ 0,31 para cara tuíte mencionando CALA BOCA GALVAO. Salvem os pássaros. RT

nicholashf12: So what is the meaning of CALA BOCA GALVAO??? That's such a horrible nome for a Lady Gaga's song. I won't buy it, even for any bird's sake!

Então, qual o significado de CALA BOCA GALVAO??? Este é um nome terrível para uma música da Lady Gaga. Eu não vou comprar, mesmo que para salvar qualquer pássaro!

Antonionuneskd: Quem acha que devemos entrar pro Guiness por enganar o mundo dá RT . CALA BOCA GALVAO

JonCardoso: Gente, o Brasil é muito criativo! CALA BOCA GALVAO

A usuária do Twitter, Ana, explica o sentimento geral dos brasileiros neste momento:

Analaus: O Twitter é de graça; Digitar é de graça; Ler é de graça; Ver o mundo se perguntando ” Who is CALA BOCA GALVAO ” #Nãotempreço

Uma comunidade no Orkut foi criada e até agora conta com 400 membros, e também uma conta no Twitter @calabocagalvao e outra conta no Twitter para a “Galvao Bird foundation” [Fundação Pássaro Galvão]: @galvaoinstitute
Este artigo foi revisado em sua versão em inglês por Manuela Tenreiro.
Por Raphael Tsavkko Garcia · Traduzido por Raphael Tsavkko Garcia · Tradução publicada em 14 Junho, 2010
"

Deu para rir bastante!!!

Veja mais:

http://www.ypsilon2.com/blog/small-talk/o-fenomeno-cala-boca-galvao-e-o-dia-em-que-o-brasil-sacaneou-o-mundo/


Reação do Hitler ao CALA BOCA GALVAO:



Hit da Lady Gaga: http://www.youtube.com/watch?v=t96hPNK3_3Q

Morram de rir!!!

segunda-feira, 7 de junho de 2010

O código da hospedagem

História que li no blog do Paulo Coelho, e que compartilho com vocês...

O código da hospedagem

Dois homens atravessavam o deserto, quando viram a tenda de um beduíno, e se aproximaram para pedir abrigo. Mesmo sem conhecê-los, foram recebidos como manda o código de conduta dos nômades: um camelo foi abatido, e sua carne servida em um lauto jantar.
No dia seguinte os dois estrangeiros acordaram cedo e resolveram continuar a viagem. Como o beduíno não estava em casa, deixaram cem dinares com sua esposa, ao mesmo tempo pedindo desculpas por não poderem esperar, já que se demorassem muito ali, o sol ia terminar ficando muito forte.

Já haviam andado por quatro horas, quando escutaram uma voz que os chamava. Olharam para trás: o beduíno os perseguia, e assim que os alcançou, jogou o dinheiro no chão.
- Eu os recebi tão bem! Vocês não têm vergonha?
Os estrangeiros, surpresos, disseram que com certeza o camelo valia muito mais que aquilo, mas não tinham muito dinheiro.

- Não estou falando da quantia – foi a resposta. – O deserto acolhe os beduínos aonde eles vão, e jamais nos pede nada em troca. Se tivéssemos que pagar, como poderíamos viver? Receber vocês em minha tenda é retornar uma fração daquilo que a vida nos tem dado.


"Retornar uma fração daquilo que a vida nos tem dado..."

Agradecer de coração também é uma forma de retornar aquilo que a vida nos tem dado...

Por isso acredito que devemos agradecer tudo - absolutamente tudo - que ocorre em nossa vida, pois tudo tem sua razão de ser.

Tudo têm seu peso positivo e seu peso negativo, e mesmo o peso "negativo" serve para nos ensinar algo.
Abra seu coração para tudo de bom que a vida traz, e agradeça por tudo. Tudo o que aconteceu na sua vida até hoje foi importante para você se tornar a pessoa maravilhosa que é hoje.

Maktub

Abçs
Sol

quarta-feira, 5 de maio de 2010

quarta-feira, 17 de março de 2010

Microsoft Office 2010 Beta: mais Outlook Social Connector

Ok, fui usar o Outlook Social Connector e descobri que precisamos baixar e instalar os complementos que permitem acesso às redes socias.

Por enquanto, só tem duas redes socias para integrar com o Outlook. São elas (já com o link do download do aplicativo):

 

 

Em breve, vamos ter outras duas opções:

 

 

Vai ser D+++++!!!!!!!!!!!!!!

Só vai faltar o Orkut, o YouTube... mas esses são da Google, concorrente... acho que vamos ficar na vontade...

Será que eles vão colocar o Yahoo! ??? Tomara!

Bjs

Mais Office 2010

Estou adorando o office 2010, e descobrindo novos recursos.

Aqui vão dois deles, com link para baixar e instalar:

Business Contact Manager for Outlook 2010 Beta (32-bit)

Outlook Social Connector 32 bit (February 2010 Beta)

Para este último, siga as instruções de instalação, é importante. Qdo vc instala o Office 2010 Beta, ele já vem com o Outlook Social Connector instalado. Vc deve desabilitar essa opção antes de instalar o arquivo acima, que é como uma atualização. Se não fizer, vai congelar e não vai funcionar.

As instruções estão em inglês, mas é muito tranquilo. Aqui vai a tradução:

* Os usuários do Outlook 2010 beta devem desinstalar o Outlook Connector Social antes de instalar o "fevereiro 2010 Beta 32-bit" para evitar a colisão:
1. No Microsoft Windows, clique no botão Iniciar e clique em Painel de controle.
2. Faça um dos seguintes procedimentos:
O Windows 7 e Windows Vista Clique em Programas e, em seguida, clique em Programas e Recursos. Clique no nome do Microsoft Office 2010, e em Alterar.
O Microsoft Windows XP Clique em Adicionar ou Remover Programas, e clique em Alterar ou Remover Programas. Clique no nome do Microsoft Office 2010 e clique em Alterar
3. No Microsoft Office 2010 Setup caixa de diálogo, clique em Adicionar ou Remover Recursos e, em seguida, clique em Avançar.
4. Clique no sinal de mais (+) para expandir a pasta Microsoft Outlook, em seguida, clique no sinal de mais (+) para expandir Outlook Add-ins para visualizar o Outlook Connector Social.
5. Clique no sinal de mais (+) para expandir o Outlook Connector Social e clique em Não Disponível
6. Clique em Continuar e concluir a remoção do Fundo Social Outlook Connector.
7. Quando terminar, siga os passos OSC fevereiro 2010 Beta instalação nas instruções.

Boa sorte!

terça-feira, 16 de março de 2010

Windows 7 e Office 2010

Meu computador pirou de vez, congelava o tempo todo... Bom, resolvi formatar e coloquei o Windows 7.

Tive a infeliz surpresa de constatar que no windows 7 Starter, vc não consegue mudar o idioma, não tem esse recurso. O idioma da versão que vc instala é "definitivo". E não dá p/ deixar bonito - pelo menos eu não descobri uma maneira de fazê-lo: a imagem do plano de fundo é aquela pavorosa clássica "azul sem graça". Que chato, né?

Bom mesmo é o 7 Ultimate, que combina demais com o docket. É lindo e leve, show de bola. Tem vários recursos e facilita muito a vida do usuário.

Par perfeito com o Microsoft Office 2010 Beta! Pena que ainda não tem em português, só em inglês e espanhol (que eu entenda! *rs*). Instalei em inglês mesmo e estou adorando!
Tem uma ou outra configuração de teclado que preciso ajustar, pois o que digito difere do que aparece... enfim, cada coisa em sua hora!!!

P/ quem quiser testar o Office 2010 Beta, seguem os links:

Para a nova casa, pequenos negócios, e na escola

Para a empresa e médias empresas

Vc também pode baixar no Baixaki

A Microsoft lançou um E-book gratuito com tudo que você precisa saber sobre o Office 2010. Clique aqui para fazer o download.

Bjks

domingo, 28 de fevereiro de 2010

A minha transformação em Faith Hill!

MyHeritage: Celebrity Morph - Modelo arvore genealogica - Sobrenomes

Problemas no PC

Hoje eu quase surtei: pensei que ia ter que formatar o computador!
Começou a dar vários erros de driver, etc. O lado bom é que eu ia aproveitar a oportunidade para atualizar o sistema para windows seven. Já pensou o trabalho e localizar todos os drives para o 7? Loucura, loucura...
Bom, finalmente eu descobri a bobagem que tinha feito... Eu coloquei a pasta AppData toda como oculta, e por isso começou a dar vários erros. Eu simplesmente fui até lá, tirei a opção "oculta" e mandei aplicar a todos os arquivos e subpastas. Depois disso, mandei aplicar o modo oculto somente para a pasta e resolvi!!!! Beleza...

Mas esta semana é a segunda bobagem que fiz no meu pc... a outra foi bem pior, pois afetei o boot da máquina de uma maneria muito boba....
Eu mandei comprimir o disco C para economizar espaço. Quando começou a comprimir, o aviso disse que ia durar várias horas, então eu cancelei. Até aqui, "tudo bem"...
A suspresa veio quando eu reiniciei o computador, e ele não dava boot... dava um erro dizendo que meu bootmgr estava comprimido! Na hora eu entendi o que havia ocorrido...

Tive que colocar o cd de instalação do windows, e tentei várias coisas, seguindo roteiros que achava na internet, até que deletei o bootmgr, e aí a coisa piorou de vez... *rs*** só rindo p/ não chorar! hahahaha

Enfim, se alguém algum dia fizer a mesma bobagem que eu, basta descomprimir o arquivo pelo prompt de comando.

Tem uma boa explicação com fotos nesse link do Blog do João Roberto

Mas depois que eu segui uma orientação mal feita na internet, que culminou em deletar meu bootmgr, ficou aparecendo a mensagem bootmgr is missing...

Aí eu fiquei horas tentando resolver... descobri que o vista não tem mais cd de boot como os outros windows tinham. Só que consegui reolver o problema, mesmo sem ter entendido direito o que aconteceu depois... *rs*

Eu segui a orientação de criação de um DVD bootável do vista do site (www.comofaco.com). Depois coloquei esse dvd no meu pc, dei o boot, entrou a tela de intalação do windows. Mandei reparar e consegui!!! MEU PC DEU BOOT!!!
Logo em seguida, fiz uma senhora reparação de sistema de boot, usando o easybcd. Ufa! Que alívio!!!

Chega de bobagens esta semana!!!

Fiz um monte, mas resolvi tudo!!!

Bjs e boa noite!